Menu fechado

Programa Saber Museu

Programa Saber Museu

A formação e a capacitação técnica dos profissionais que atuam no campo museal constitui demanda permanente e está presente nas ações prioritárias do Instituto Brasileiro…

A formação e a capacitação técnica dos profissionais que atuam no campo museal constitui demanda permanente e está presente nas ações prioritárias do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) desde a sua criação.

Inicialmente, a atuação do Ibram na área de capacitação técnica esteve concentrada na oferta de oficinas presenciais. Entre 2003 e 2012, foram realizados, pelo Departamento de Museus e Centros Culturais (Demu/Iphan) e, posteriormente, pelo próprio Ibram (criado em 2009), 569 encontros, que capacitaram aproximadamente 30.000 participantes.

Tendo em vista as dificuldades impostas pela vasta abrangência geográfica dos museus pelo Brasil e a necessidade de uniformização de conteúdo, o Instituto se dedicou a redesenhar seu programa de formação voltado para o campo museal, priorizando a modalidade de educação a distância (EAD).

O uso de ferramentas disponíveis nos ambientes virtuais de aprendizagem permite maior alcance e grande diversificação de formatos para difusão do conhecimento, bem como contribui para a valorização dos saberes acumulados pelos profissionais da área.

Nesse contexto, surge o programa Saber Museu, iniciativa que consiste na integração e evolução de diferentes esforços já empreendidos pelo Ibram para a capacitação e a qualificação dirigidas à área museológica e tem por missão a “difusão de conhecimento relevante para o desenvolvimento do setor museal e para o aprimoramento de sua gestão”.

O Programa não só representa uma resposta do Ibram à demanda do campo pela continuidade e aperfeiçoamento de cursos, oficinas, materiais instrucionais e publicações oferecidos desde 2003, como constitui um importante instrumento para a melhoria de gestão nas instituições museológicas e para a valorização do patrimônio museológico como um todo.

Saber Museu contempla uma rica diversidade de temas relacionados ao campo museal e lança mão de um conjunto variado de materiais instrucionais, tais como publicações, vídeos, animações, podcast, cursos EAD, disponíveis em diferentes plataformas virtuais, cujo público alvo são os profissionais que atuam em museus ou que queiram atuar, com destaque para estudantes de museologia e áreas afins. Abrange ainda a realização de capacitações presenciais pontuais, a serem realizadas por meio de parcerias.

A partir dessa perspectiva de ampliação de seu alcance, da diversificação e melhoria da qualidade dos produtos de difusão, o Ibram, por meio do programa Saber Museu, pretende consolidar-se como referência na formulação e no desenvolvimento de política de difusão de conhecimento para o setor museal, sendo reconhecido, pelo campo, como polo de excelência nessa área.