Menu fechado

Palestra: Educação Patrimonial – Instituto Bem Cultural

No mês do 61º aniversário de Brasília, o Instituto Bem Cultural – IBC, apresenta a primeira Palestra-live do Projeto Museu Educativo, com a temática Educação…

No mês do 61º aniversário de Brasília, o Instituto Bem Cultural – IBC, apresenta a primeira Palestra-live do Projeto Museu Educativo, com a temática Educação Patrimonial. Visando aproximar o público do Museu Nacional da República, serão realizadas 4 palestras no formato Live com conteúdos relacionados às exposições e a temáticas transversais relacionadas à história da arte e à arte-educação. 

Serão discutidos aspectos conceituais e práticos em relação à Educação Patrimonial e como ela pode ser uma ferramenta de sensibilização social. A partir dos princípios básicos do IPHAN sobre o tema, será proposta uma reflexão sobre como a Educação Patrimonial pode ser abordada de forma transdisciplinar pela escola, sempre numa perspectiva dialógica e crítica.

Para auxiliar nesta reflexão, Átila Tolentino mostrará na primeira Palestra como a Educação Patrimonial contribui para ampliar o entendimento dos vários aspectos que constituem o nosso patrimônio cultural: formação de cidadania, identidade cultural e memória de um povo. Abordará aspectos que envolvem a história e a memória de Brasília – cidade que tem o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco, com a maior área tombada do mundo – 112,25 km², e é o único bem contemporâneo que recebeu essa distinção, além de sua atuação na Casa do Patrimônio da Paraíba. 

Átila Tolentino – Mestre e doutorando em Sociologia pela UFPB. Especialista em Políticas Públicas do Ministério da Economia, com atuação na Procuradoria Federal na Paraíba. No Iphan coordenou a Casa do Patrimônio da Paraíba, programa de educação patrimonial do Iphan-PB, Coordenador de Gestão Museológica do Departamento de Museus e Centros Culturais. Professor da Especialização em Museus, Identidades e Comunidades da Fundação Joaquim Nabuco. Participa da Rede de Educadores em Museus da Paraíba e da Rede de Pesquisa e (In)formação em Museologia, Memória e Patrimônio da UFPB. Autor de artigos na área dos museus, patrimônio e educação patrimonial e do livro “Espaços que suscitam sonhos: narrativas de memórias e identidades no Museu Comunitário Vivo Olho do Tempo”.

 

Para acessar a página clique aqui