Menu fechado

Conservação

Manter o patrimônio para as gerações futuras é um desejo presente na história da humanidade. As transformações sociais, políticas, econômicas e culturais nos levaram a…

Manter o patrimônio para as gerações futuras é um desejo presente na história da humanidade. As transformações sociais, políticas, econômicas e culturais nos levaram a desenvolver, por meio de metodologias baseadas na ciência e na tecnologia, estratégias para prolongar o uso dos materiais e para interpretar e analisar os riscos aos quais estão vulneráveis, de modo a garantir, da maneira mais adequada possível, o estado original dos bens.

Assim, podemos resumir o conceito de conservação a partir da premissa de que se trata de um conjunto de técnicas de intervenção aplicadas aos aspectos físicos dos objetos (bens culturais) de museus, arquivos e bibliotecas, com o intuito de manter a estabilidade química e física dos materiais que os compõem, de maneira a prolongar sua integridade física e assegurar sua contínua disponibilidade para os públicos. Nessa perspectiva, ela envolve uma ação permanente de monitoramento e controle dos ambientes interno e externo, a qual deverá ser realizada não apenas por profissionais especializados nessa área, mas por todos aqueles envolvidos no gerenciamento e na manutenção dos bens culturais.

MATERIAIS